terça-feira, 25 de dezembro de 2012

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

E se passaram 12 meses

E hoje novamente, é dia do meu aniversário.

O que mudou? mais experiencia, um amor pela língua imglesa, mais pela francesa ainda maior.

Acompanho todos os blogs como sempre, torcendo por todos.

hj descobri que mesmo a zebra sendo amiga do leão, este quando tem fome, ignora totalmente isso, então sofri golpes, mas essa inocência nao tenho mais.

Como o dia de hj é muito especial, os golpes sofridos ficam no passado e que venha 2013, um novo ano, que se Deus quiser e ele quer, esse momento já faz a diferença.




" Joyeux anniversaire,
joyeux anniversaire,
joyeux anniversaire (le prénom),
joyeux anniversaire."
Verinha

sábado, 25 de agosto de 2012

DEMODÊ

Chorei muito, como praticamente não faço. Não sei se felizmente ou infelizmente acredito nas pessoas e não consigo visualizar hoje e pelo jeito nunca, que uma pessoa possa trair uma nova amizade (afinal é muito legal conhecer pessoas novas) por nenhum valor, nem grande ou pequeno. Mas valeram as lágrimas, pois varreram qualquer resquício de raiva. Mas porque será que ainda fico indignada? porque simplesmente não podemos pular de alegria ficar feliz pelo sucesso alheio tb?
É tão antigo e demodê sentir inveja, mentir, tentar tirar do outro, ludibriar para tirar vantagem em alguns tostões de reais.
Mas passou e graças a Deus tenho ainda essa capacidade de ficar triste, indignada e logo achar que a vida vale muito a pena, só não vale mais sair por ai acreditando em tudo e em todos. Não sei porque sempre esqueço disso e termino de novo caindo. Fica aqui meu momento revolta, quis registrar, porque não pretendo/não quero mais passar por isso, faz mal a alma. Bjo

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Assim Assim

Hoje acordei meio deprê e nem é o tempo cinza e chuvoso, porque eu curto muito, sou eu.
As vezes acho que nada vale a pena, sei lá. As vezes não queria ser assim tão livre. Posso ir onde quiser, fazer o quiser da minha vida e nem me preocupar em dar satisfação. Essa liberdade toda é preciso ser bem administrada, porque o tempo não para e essa liberdade precisa ser tb recheada de alegria, boas perspectivas, mesmo que essas sejam criadas por nós.
Essa falta de criação, sim porque preciso criar 24 horas por dia, rs. Acho que é isso que me deixa deprê, o marasmo, sim sei que só eu posso mudar isso, mas sabe quandos se precisa de colo e não existe a minima chance de ter, então esse é o meu estado no momento. Dar a volta por cima contando comigo. Não gosto de ficar chorando pitangas, mas um carinho as vezes faz bem. Bjo

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Ahhh, Amigos....Merci Mes Amis

Amizade é alguma coisa de muito fantástica, mas amizade mesmo, aquela pessoa que a gente conhece e que nos conhece pelo menos em alguns quesitos, o mais importante, o do coração. Eu tenho poucos amigos, posso contar nos dedos de uma só mão os que estão sempre presentes e nos dedos da outra, os virtuais e estou muito satisfeita com eles. Todos têm me passado mensagens muito, mas muito importante mesmo para a minha sobrevivência.

As amizades são insubstituíveis, um olhar do amigo, um carinho, um conselho, não tem nada que possa mensurar. J'aime mes amis.

sábado, 7 de julho de 2012

INSONIA DO BEM.. EXISTE?

Agora um pouco para 01:00 am e eu aqui com um planode marketing do meu site, acreditando em um milagre, no meu milagre, para que as coisas aconteçam com mais rapidez porque EU QUERO IR PARA A IRLANDA RIGHT NOW.
Quero, preciso do novo, desesperadamente. Preciso encontrar pessoas que pensam como eu, mesmo que em parte e aqui já deu. Sei que me dei o limite de julho 2013, mas as vezes bate aquela loucura de largar tudo e partir.
O bom é que esse desespero não veio com ansiedade e apesar da insonia, estou achando saudável esse planejamento, mostra o meu novo lado de aguardar mais um pouco, sem panico presente durante anos a fio.
Nesses ultimos dias, descobri que para uma pessoa que conheci  recentemente, mentir faz parte de sua vida, assim como tomar café da manhã, não critico, mas é tão novo esse posicionamento pra mim, que comento aqui, mas na verdade não tenho uma opinião formata para quem fantasia e exterioriza isso para quem chama de amiga, sei lá....em um primeiro momento me decepcionei, perguntei porque, para mim mesma, depois tentei entender e agora não sei o que pensar, mas deve existir um porque ou não. Seria mais uma forma de viver? não quero isso pra mim......sou simplemente como me apresento, se ser transparente é está fora de moda, então essa sou eu......
Acho que estou feliz, mais que ontem, pelo menos. É isso. Bjo

domingo, 24 de junho de 2012

Há essa realidade



Nem sempre o pé no chão leva há algum tipo de verdade. Fiquei pensando, quando eu me engano com alguma coisa, sempre anterior a esse tal engano, vem tipo um bichinho, uma lâmpada piscando e teve vezes que um holofote e eu nada de ficar antenada. Ai me pergunto e quando não há enganos, será que existe essas mesmas dicas e como percebê-las? 

Ah, eu quero uma bola de cristal azul e que me mostre só um pedacinho do amanhã, pode ser tipo filminho de câmera digital, pode ser até meio embaçado, eu aceito, de preferência right now, please. Bjo


quinta-feira, 14 de junho de 2012

As descobertas...amizade...lealdade


As descobertas são importantes, porque mudam até mesmo a forma de nos relacionarmos com nosso eu. Muitas vezes, alias como foi o meu caso, ficamos presos por dias, meses, anos, sei lá. Mas quando tudo passa, mesmo que venha o tal bicho papão, esse não tem a mesma força, o mesmo poder, pode até amedrontar, mas logo vira fumacinha. Escrevo isso para falar da importância da amizade, incrível como uma única palavra, um gesto, tem um poder mágico. Sou capaz de atravessar o oceano, sem pestanejar se tiver uma palavra, um apoio para mim isso é tudo, amizade e lealdade. Gosto de olhar para uma pessoa e saber que posso confiar, me emociono de saber que pode existir no mundo alguém que não duvide da minha lealdade, que tenha certeza que eu sou essa aqui em coração, alma....Hoje estou assim mais sentimento que qualquer outra coisa. Bjo

domingo, 15 de abril de 2012

Desapego...finalmente

Hoje acordei muito pra baixo e como não admito mais isso, rs, pensei um pouco em o que eu poderia fazer para me sentir já na semana da viagem.
Olhei para meu quarto, vários ededrons, vestidos, tantas roupas que nem cabe mais , não se tem na verdade lugar onde guardar, então decidi, vou doar tudo, ficarei apenas com o que realmente uso, pois têm roupas que estão lá há anos, assim como livros que não leio há trilhões de anos, mas sei que existem pessoas precisando de roupas e de ler livros tb. Soube aqui que tem um bebê que não dorme de tanto frio, nesse momento já pedi para entregar onde mora uns edredons.
O que quero dizer é que finalmente me sinto mais preparada ainda, olhando assim ainda falta estrada e como estou de Amélia hj, acho que só pelas madrugas termino tudo aqui, mas alguma coisa me diz que vai valer muito a pena. Bj

domingo, 18 de março de 2012

É a vida em movimento

Tenho aparecido pouco por aqui, isso porque a louca aqui está fazendo curso de 3 linguas, uma outra facul e agora esse tal Máster que se inicia em 01 Abril. Eu me sinto tão feliz quanto pinto no lixo, só sei fazer várias coisas ao mesmo tempo e durante long time, euzinha, como já disse uma vez,  fui chamada de louca de pedra, para que fazer tantas coisas ao mesmo tempo? e ai aos poucos fui fazendo menos, até nao fazer nada, alias fazia mentalmente, esse ano chutei o balde mesmo e claro, me dei um prazo, porque afinal tem Dublin. Os cursos são todos expressos, rs, somente para ter contato com pessoas e estudar um pouco, mas faço por prazer, amo conhecer tudo e culturas, sem rescuras, quando digo por prazer quero dizer sem comprometimento de diploma, parecer a sabichona, pois passei dessa fase há muito, felicidade é o que importa e buscá-la ou ir ao seu encontro de forma  descompromissada está me fazendo a pessoa mais feliz do mundo.
Tem umas 3 semanas que fui abrir o portão aqui da portaria e estava muito duro, puxei forte e eis que deu um tipo uma lesão no joelho, fiquei paralizada e somente um taxista que chamei me carregou até uma emergencia, a unica emergencia em ortopedia aqui da cidade. cinco minutos de consulta me custou R$ 326,00, fora as radiografias várias, R$ 45,00 cada uma, ainda bem que eu havia acabado de receber por uma consultoria, enfim Deus sabe das coisas. A dor era imensa e fiquei todo o dia na cadeira de rodas, mas eu estava feliz, porque mesmo com uma dor imensa, pensava nesse mundão que ainda tenho que percorrer, rs. Estou com inicio de artrose e perdi umas cartilagens, mas estou cuidando. O bom disso, minha mãe veio ficou mais 15 dias, porque ela havia retornado para casa. Minha mãe tinha vindo porque fiz uma surpresa e fomos para Arraial do Cabo passar um final de semana.
Agora já estou andando, porque antes me arrastava, vou procurar um medico que seja especialista em acupuntura e tb já estou perdendo peso, como nada vem por acaso, logo ou não tão logo, mas em um futuro bem próximo terei o peso de antes. Ir as aulas e subir as escadarias está dificil, sentar e ficar aqui trabalhando as vezes parece que não vou suportar, mas doe menos que antes e dia a dia vou ficando melhor.
Preciso ficar inteira, cidadã do mundo nao pode esmorecer, até pode vai, por algumas horas e pronto, digo isso porque na noite que aconteceu tudo isso do hospital, estava sozinha e chorei muito como não fazia há tempos, mas sabia que a dor ia passar e passou. Mesmo ainda andando com dificuldade quem olha para mim, vai ver que sou uma pessoa muto feliz, realizando dia a dia o que eu sempre quiz, a liberdade me deixa maravilhada. Sagitariana é fogo. Bj

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Um 2012 diferente

Ultimamente estava tendo uma certa angústia quando pensava em viajar para a Irlanda e ficava tentando entender o porque, além claro do nervosismo que é organizar tudo até o embarque. E ai percebi que era medo, medo da língua, de não conseguir me comunicar. Resolvi fazer um teste de nivelamento, fazer sem compromisso, bem largada, sem pensar muito e deixando as questões que me entediava de lado. Consegui entrar em um nível entre o intermediário e o avançado e em dezembro já recebo meu certificado, claro falando em nivel Brasil. Mas mesmo assim uma vitória e agora quando penso em viajar, já não sinto tanta angústia. Hoje mais um motivo de alegria, pois consegui ser aceita em um curso Máster em Ciências Sociais na Espanha, digo Mestrado na  minha área de Ciências Sociais, foi tudo tão rápido, mas ainda falta revalidar meu diploma no consulado da Espanha, inicio um curso intensivo de espanhol agora em março. Já havia feito a inscrição no espanhol para aproveitar o tempo, mas nao imaginava conseguir uma bolsa para fazer o curso. Acho que a ficha ainda não caiu, não sei ainda a vantagem do processo de Bolonha em relação a quem faz um mestrado na Europa, no caso Espanha e vai morar na Irlanda, não sei se posso dar continuidade no Doutorado na Irlanda por exemplo. Alias a impressão que tenho é que não sei mais nada, a cabeça está vazia, mas logo entro no eixo, acredito eu. Bem é isso. Bjuss

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Retomando o rumo.....

Mais uma vez um 2012 fantástico.
Parei um trabalho meio complicadinho aqui, para contar rapidamente....
Quando um amigo querido, escreveu por para mim, sobre a minha ida para a Irlanda, fiquei pensando e preocupada quando ele disse que "Nada vai mudar por vc, só porque vc mudou de lugar. Por isso é preciso estar pronta para o desafio, porque o que está doendo agora pode doer infinitamente mais quando vc estiver perdida aqui do outro lado do planeta.... "
Me preocupei porque realmetne seria isso que aconteceria, afinal estou aqui em Petropolis há 6 anos e conheço poucas pessoas, mas amizade aquela de ir para o bar encher a cara como no RJ, tem não e não acho justo fazer isso com pessoas que não nos conhece na alma e olha que conhecer na alma, não é sinônimo de conhecer há anos, sei meu amigo que sabe disso.
Hj me sinto muito feliz. A felicidade veio aos pouquinhos e sem motivos magnânimes, se bem que a vida já e um motivo infinito de felicidade. Sempre fui muito criticada por fazer várias coisas ao mesmo tempo e foram tantas as críticas que murchei. Mas agora consigo enxergar a vida de outra forma, não sei como aconteceu, mas aconteceu e penso que essas coisas de fazer tudo junto, misturado, tem hj um propósito. Eu amo estudar linguas, já fiz curso de alemão, italiano, frances e cheguei a um nível muito bom de inglês, abandonei tudo há anos e hj estou em básico bem ruim.
Nesses ultimos dias, peguei todos os livros e voltei a dar umas olhadinhas em tudo e acredite ou não me acho capaz de tomar o rumo de novo e de me colocar uma data para de novo chegar no mesmo nível que me encontrava, não é fácil, mas eu acredito que sou capaz, sim. E ai hj veio um insigth que vivendo na Irlanda eu vou ter a chance de vivenciar cada pedacinho da Europa, treinar ingles na Irlanda, Inglaterra, italiano na Itália, gente tem coisa melhor?
Sim, eu sei que isso é lógico, mas eu não tinha percebido. Nunca mais vou deixar ninguem me murchar, dizendo que obrigatoriamente tenho que fazer uma coisa de vez, cada um é cada um e temos que ser como nos bem entendemos, porque ao quebrar a cara, de quem é esta?
Meu peito parece que vai explodir, só senti isso quando era adolescente e em raros momentos na fase mais adulta. E vou te contar etá sensação boa. É como se nada seja capaz de mudar o rumo que tracei. É isso Bjusss